pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

28.10.16
|
Empresa do setor madeireiro reduz o consumo de energia elétrica com ações de eficiência energética
Fonte: Procel Info - 28.10.2016
Santa Catarina - A catarinense JJ Thomazi, localizada no município de Lages, atua no segmento de beneficiamento de madeira há mais de duas décadas. Com vasta experiência no setor, possui certificação FSC (Forest Stewardship Council), que garante ao consumidor a fabricação de produtos com matéria prima de floresta certificada e/ou origem controlada de forma ecologicamente correta.

Com o intuito de aprimorar processos de secagem de madeira e otimizar o consumo de energia, a madeireira, em conjunto com a WIATEC Eletricidade e Automação Industrial e a CMM Analise Energética (ESCO) implantaram uma ação de eficiência energética com retorno de investimento de apenas um ano.

O projeto constituiu-se na substituição de motores antigos e de baixa eficiência por motores de alta eficiência da linha Premium, aptos a operar em estufas de secagem, em conjunto com inversores de frequência, para modular a velocidade dos motores dos ventiladores das estufas.

Para apurar os resultados, foi instalado um medidor de energia no setor de estufas e comparado o consumo de energia/produtividade no mesmo período. Após três meses de operação, o resultado obtido foi uma redução de 27% no consumo de energia elétrica no processo de secagem da madeira, correspondendo a 348.000 kWh/ano e R$ 10.800,00 mensais, com ROI (Retorno sob o Investimento) de apenas 12 meses.

Além da economia de energia, foram observados ganhos como o melhor controle da secagem, maior qualidade da madeira e redução de custos com a manutenção dos motores.

Para a empresa, o projeto a torna ainda mais competitiva no mercado, visto que a 60% do custo de energia elétrica é representada pelo processo de secagem.

Segundo Fernado Cunha Bleyer, Gerente de Secagem da JJ Thomazi, dentre os fatores que viabilizaram a aquisição do projeto de eficiência energética estão: a possibilidade de trabalhar no horário de ponta, pois com a redução do consumo de energia o valor de demanda contratada não é ultrapassado; Retirada da madeira com umidade próxima da esperada, o que garante a qualidade da madeira aos padrões solicitados por seus clientes e a Redução dos defeitos como manchas químicas, encruamento e endurecimento superficial.

Com pretensão de expandir o projeto para a filial, Edelmar Thomazi, sócio proprietário da JJ Thomazi, conclui: “Estamos muito satisfeitos com o investimento e recomendamos a todos os usuários de estufas para secagem de madeiras.”

* Com assessoria de imprensa da WEG
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas