pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

30.11.16
|
Plano garante economia e tecnologia de ponta na iluminação em Curitiba
Fonte: Procel Info - 30.11.2016
Paraná - O Centro Histórico de Curitiba está mais iluminado e seguro para quem circula pelo local graças à conclusão do projeto de revitalização de iluminação pública na região. Foram substituídas luminárias viárias e instaladas lâmpadas de alto rendimento de vapor metálico (cor branca) em 20 trechos de ruas no Centro e São Francisco, no entorno das Praças Tiradentes e Generoso Marques, e implantadas mais 100 luminárias decorativas, com lâmpadas LED, nas vias Trajano Reis, Duque de Caxias, Mateus Leme (entre Inácio Lustosa e 13 de Maio) e do Rosário.

A Travessa Nestor de Castro e a Alameda Augusto Stelfeld também foram beneficiadas com a implantação de 40 postes com luminárias viárias e respectivas lâmpadas brancas com 250 watts. Pontos de ônibus e os painéis do artista Poty Lazzaroto, que tanto valorizam a região, também foram realçados com a nova iluminação cênica instalada.

A revitalização da iluminação Pública no Centro Histórico é mais uma ação que integra o Plano de Iluminação Pública de Curitiba, lançado pelo prefeito Gustavo Fruet, e que continua promovendo grandes mudanças no Município com adoção de tecnologias de ponta, implantação de novo sistema integrado de gerenciamento, aumento na rede de distribuição urbana, e também com a substituição de luminárias e lâmpadas de vapor de sódio (cor laranja) por lâmpadas de alto rendimento de vapor metálico e/ou LED (cor branca). São intervenções que garantem economia de energia, menor custo e melhoram a eficiência energética e luminosidade de ruas, praças, parques e entorno de equipamentos públicos em toda a cidade.

Iniciado em 2015, o Plano de Iluminação já teve 32% de seus projetos executados. Outros 54% estão em implantação ou em licitação e 14% são de projetos/estudos que serão deixados para aproveitamento da próxima gestão. “O Plano de Iluminação é uma das principais ações desenvolvidas em favor do Município nesta gestão. Com a utilização de novas luminárias e lâmpadas de vapor metálico e também de LED, além de inovações tecnológicas, melhoramos a luminosidade em diversos espaços públicos e, consequentemente, a percepção de segurança das pessoas que passaram a frequentar à noite pistas de caminhadas, quadras esportivas e praças. Conseguimos devolver o espaço público aos usuários e essa era uma das nossas missões”, afirmou o prefeito Gustavo Fruet, destacando que o plano prevê investimento total de R$ 93 milhões.

Para o diretor do Departamento de Iluminação da Secretaria Municipal de Obras Públicas, Fábio Ribeiro de Camargo, a implantação do Plano representou um grande avanço para Curitiba. “A cidade deu um salto de modernidade, adotando projetos de iluminação inteligente e melhorando a efetividade no atendimento dos serviços prestados à população graças à implantação de um novo sistema de gerenciamento, com acompanhamento em tempo real no próprio departamento de iluminação. Tudo isso refletirá em uma rede de iluminação com maior qualidade e integrada com outros sistemas públicos”, comentou.

Dentre as prioridades de investimento do Plano de Iluminação destaque para a substituição de luminárias de vapor de sódio por vapor metálico ou LED (que consumiu 25% do investimento), manutenção da iluminação pública (16%), melhorias na iluminação pública de praças e parques (10%), ações para implantação do sistema inteligente de iluminação pública (5%), reparação de postes republicanos (4%), entre outras intervenções.

Projetos inovadores para elevar o padrão de iluminação pública de Curitiba também foram marca desta gestão. Um dos destaques é o piso gerador de energia em ciclovias que está em desenvolvimento e tem a participação da Secretaria Municipal de Obras Públicas, do governo japonês por meio da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) e da empresa Soundpower Corporation.

Projetos

O Plano de Iluminação Pública, dividido em projetos, usa tecnologia de ponta para garantir economia de energia elétrica e melhorar a iluminação em áreas relacionadas ao transporte coletivo, equipamentos públicos e privados de maior uso pela população, além de grandes áreas de lazer, como parques e praças.

Quatro projetos de substituição de luminárias e lâmpadas (três deles já executados) correspondem sozinhos à atualização de quase 35% de toda a planta de iluminação pública da cidade que hoje conta com aproximadamente 160 mil pontos.

O projeto de Melhoria de Iluminação Pública (IP) em Linhas de Ônibus Alimentadores substituiu kits de iluminação e garantiu lâmpadas de alto rendimento de vapor metálico em 15 mil pontos. Com o projeto Ônibus Seguro foram outras cinco mil luminárias e lâmpadas LED colocadas em postes localizados próximos a paradas de ônibus.

O projeto de Melhoria de IP no entorno de equipamentos públicos beneficiou cerca de 850 edificações entre CMEIs, postos de saúde, escolas municipais e estaduais, hospitais e universidades espalhados por todo o Município. Isso representou a substituição de mais 5,8 mil kits de iluminação. Já o projeto Melhoria de IP em Vias Conectoras e Estruturais está em andamento e abrange outros 8,9 mil pontos. É executado em ruas de grande circulação de veículos como Visconde de Guarapuava, Silva Jardim, Guilherme Pugsley, Mateus Leme, Anita Garibaldi, Presidente Arthur Bernardes, Padre Anchieta, João Gualberto, Paraná, Maurício Fruet, e assim por diante.

Futuro

A utilização de tecnologias que resultam na chamada “iluminação inteligente” já é realidade em Curitiba. Desde agosto de 2015, o Parque São Lourenço tem seu sistema de iluminação controlado à distância, onde é possível regular a intensidade de luminosidade, quais e quantas luminárias permanecem acesas e por quanto tempo. A inauguração do sistema foi feita pelo prefeito Gustavo Fruet por comandos em um tablet.

Desde então novos projetos têm sido desenvolvidos pelo Departamento de Iluminação da Secretaria Municipal de Obras para que essa tecnologia se torne padrão nos parques de Curitiba. O Parque Lago Azul, no Uberaba, foi o último a se beneficiar da tecnologia.

O Jardim Botânico está em processo de revitalização de sua iluminação pública cujos serviços devem ser finalizados no próximo ano. O local vai receber 106 luminárias viárias com lâmpadas LED de diferentes potências e distribuídas por toda a extensão do parque e para o velódromo. Também será dotado de nova infraestrutura de cabeamento elétrico, pois os constantes furtos de cabos nos últimos anos comprometeram de forma significativa a iluminação pública no principal ponto turístico da cidade.

Outro local que tem sofrido com o furto de cabos, a Linha Verde Norte também terá a iluminação pública totalmente remodelada no trecho entre o Viaduto Marechal Floriano e a BR-277 com a implantação dos sistemas de telemetria e automação, além da instalação de luminárias LED. O prazo de conclusão para os trabalhos é primeiro semestre de 2017.

“O sistema inteligente, associado com as lâmpadas LED, pode proporcionar uma redução de até 50% no consumo”, explica o diretor Fábio Ribeiro de Camargo.

Ressalta-se que outro trecho da Linha Verde, numa extensão de oito quilômetros entre o Viaduto Marechal Floriano e a Rua Izaac Ferreira da Cruz, a iluminação pública foi totalmente revitalizada na gestão Fruet com a substituição e implantação de luminárias de alto rendimento de vapor metálico (cor branca) em substituição aos modelos antigos.

Mais segurança

Quase mil postes republicanos também estão em processo de reparo e modernização já que desde a implantação esses equipamentos nunca haviam passado por uma manutenção completa. Atualmente cerca de 60% do total desses modelos já passaram por intervenções. A previsão de término dos serviços é para abril de 2017.

Segundo Camargo, devido à complexidade dos serviços, foram elaborados projetos estrutural, luminotécnico, elétrico e para eficiência energética dos postes republicanos, além de elaboração de especificações técnicas pelo Departamento de Iluminação da Secretaria de Obras Públicas. Isso vai assegurar a futura manutenção do sistema, como acesso a elementos de conexão, aos componentes eletrônicos e barras de fixação dos postes.

Parques e praças de Curitiba também tiveram prioridade dentro do Plano de Iluminação Pública. Os parques Barigui (ciclovia e estacionamento), Barreirinha (estacionamento) e Tanguá (paredão da cachoeira, pista de caminhada e túnel) receberam obras para melhorar a luminosidade. No Parque Atuba iniciaram os trabalhos de modernização do sistema de iluminação pública assim como em seis das principais praças do Município: Oswaldo Cruz, Redentor, Piazza San Marco, Abílio de Abreu, Colonização Menonita e Brigadeiro do Ar Mário Calmon Eppinghauss.

Praças de menor porte também tiveram a troca de projetores e refletores realizada em suas quadras esportivas em todas as subprefeituras. Destaque para a Vila Nossa Senhora da Luz, no CIC, que teve dez praças com a iluminação pública revitalizada.

Outra importante ação é a melhoria do sistema de iluminação das ciclovias do Município. A primeira etapa teve a abertura da licitação em 17 de novembro deste ano. Os serviços, que incluem a instalação de 964 novas luminárias de LED, novos postes, cabos elétricos e comandos, serão concluídos ainda no primeiro semestre de 2017. As obras já licitadas compreendem o trecho da ciclovia entre as Ruas Flávio Dallegrave e Aluízio Finzetto e o trecho entre o viaduto da Av. Marechal Floriano e o Terminal do Pinheirinho.

Também estão em andamento obras de ampliação da rede de distribuição de energia para o sistema de Iluminação Pública de Curitiba. O projeto prevê a instalação de postes, cabos de energia e luminárias em todos os bairros de Curitiba. Devido sua dimensão, o projeto foi dividido em duas partes. A primeira conta com 367 novos pontos de iluminação e já está em execução com conclusão prevista para o final de fevereiro de 2017. A segunda parte conta com 541 novos pontos de iluminação e tem licitação marcada para dezembro deste ano.

* Com informações da Prefeitura de Curitiba
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas