pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

09.11.16
|
Energia solar e mercado livre são opções atraentes para o varejo
Fonte: Abras Brasil - 09.11.2016
Divulgação
São Paulo - As vantagens da adoção da energia solar e os benefícios do mercado livre para a aquisição do insumo pelos empresários do varejo foram os temas da abertura do segundo painel do Workshop Abras, Eficiência Energética, que aconteceu nesta terça-feira, 8 de novembro, em Atibaia (SP).

Segundo o presidente da Absolar, Rodrigo Sauaia, o uso da energia solar, tecnicamente conhecida como tecnologia fotovoltaica, já é uma realidade não só em países mais desenvolvidos, mas também no Brasil, um país que tem grande potencial para esse tipo de solução. Ele destacou a versatilidade de opções de equipamentos que podem ser instalados tanto em telhados quanto em estacionamentos. E também o fato de se tratar de uma tecnologia modular que pode ser ampliada de acordo com a demanda do cliente.

O executivo também abordou os avanços na legislação, que beneficiam a prática de energia compartilhada, e o surgimento de linhas de financiamento que facilitam a adoção da tecnologia cujo investimento inicial ainda é um pouco elevado, mas que é facilmente amortizado pelas reduções nos gastos com o insumo e também pelo fato de que o tempo de vida útil dos equipamentos é, em média, de 25 anos.

O assessor técnico da Abraceel, João Ferreira Barreto, explicou o funcionamento do mercado livre que permite aos consumidores escolher de quem desejam comprar energia ampliando as opções de fornecedores e, consequentemente, condições e valores. Para ter uma ideia, até outubro de 2016, havia mais de 1,5 mil vendedores de energia, sendo 1.336 geradores e 186 comercializadores. E detalhou os requisitos para que os chamados consumidores especiais (grupo do qual fazem parte os supermercados) possam usufruir dessa opção na hora de adquirir o insumo.

O encerramento do painel foi marcado pela apresentação do case do Grupo Pão de Açúcar (GPA) para aprimorar a eficiência energética da rede. “Nós começamos a investir em eficiência energética desde a época dos apagões, em 2001. Sabemos que isso é fundamental para aprimorar a operação e a gestão, além de reduzir o consumo do insumo”, disse o gerente de Utilidades, Planejamento e Operadores de Manutenção do GPA, Claudio Vicente Barbosa.

O projeto, que está a cargo da Greenyellow, vai abranger 500 lojas, no período de 2015 a 2017 e envolve várias frentes: iluminação, refrigeração, climatização e gestão centralizada. Segundo o diretor-presidente da Greenyellow no Brasil, Pierre-Yves Morgue, as três regras básicas para conseguir economizar com energia elétrica são: investir, monitorar e ser veloz.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas