pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

23.06.17
|
Grupo Pacaembu apoia startup que constrói solução inovadora para reduzir conta de luz em empreendimentos de interesse social
Fonte: Segs - 21.06.2017
Brasil - A parceria do Grupo Pacaembu, especializado na construção de casas do programa Minha Casa Minha Vida, com a Ambar, que desenvolve tecnologias para habitação, e com a Ebes, pioneira em projetos de geração distribuída fotovoltaica no Brasil, deu origem à startup Sol+lar, com o propósito de reduzir custos de habitação para o morador. A primeira iniciativa está diretamente ligada à redução na conta de energia, uma das principais despesas no orçamento das famílias.

O primeiro projeto é voltado ao Programa Minha Casa Minha Vida e está sendo testado há mais de um ano em 40 casas dos bairros planejados construídos pela Pacaembu em Luz da Esperança (São José do Rio Preto) e São Rogério (Avaré), com a microgeração de energia utilizando placas fotovoltaicas. O projeto foi acompanhado pela EY e pela USP, cujos estudos comprovam que é possível reduzir os custos anuais com energia em até R$ 840, por meio da geração própria. A segunda fase, que se inicia neste mês, complementa o pacote tecnológico com a substituição das lâmpadas comuns por LED e utilização de inteligência de monitoramento de consumo de energia, o que deve melhorar ainda mais o resultado de economia para os moradores.

A proposta vem ao encontro da necessidade. De acordo com o relatório New Energy Outlook 2016, produzido pela Bloomberg New Energy Finance (BNEF), dentro de 25 anos as fontes eólica e solar devem superar as hidrelétricas no Brasil. Com a crise no setor energético nos últimos anos e um sistema elétrico que dá sinais de exaustão, a microgeração residencial de energia solar fotovoltaica deve se tornar uma opção mais atrativa.

“A geração de energia solar com placas fotovoltaicas, além de ser sustentável, é uma tendência e está em ascensão. Até 2040, a geração de energia solar e eólica responderá por 43% do total produzido no Brasil. Para trazermos a solução aos bairros construídos pela empresa, buscamos parceiros e investimos na Sol+lar, a startup que vai ajudar a realizar o projeto em larga escala”, comenta Victor Almeida, diretor financeiro do Grupo Pacaembu.

A Sol+lar desempenha um papel essencial já que na análise dos parceiros os programas de habitação proporcionam condições adequadas para uma mudança no conceito de vida e moradia. Para Victor Almeida, os principais beneficiados serão os moradores. “A aplicação de tecnologias combinadas de eficiência energética resultam em um custo mensal de habitação menor, isto é, diminui a despesa com as contas e ajuda no orçamento familiar”, afirma.

Como funciona

A Sol+lar foi criada para desenvolver tecnologias e soluções de eficiência energética, incluindo a microgeração solar para projetos de moradia. A casa recebe o kit de iluminação com eficiência energética LED, as placas fotovoltaicas e um medidor inteligente, instalado no quadro elétrico. Por meio de uma conexão Wi-Fi, os dados de consumo são enviados para processamento na nuvem.

O que a Sol+lar proporciona é uma economia ainda maior na conta de energia do morador do que apenas o sistema de geração de energia solar tradicional. Por ser um combo desenvolvido pela parceria, o investimento inicial é reduzido em cerca de -17% e aumenta a economia mensal em até 35% a partir da combinação das tecnologias.

No projeto piloto, as famílias que têm a energia fotovoltaica distribuída em suas casas são voluntárias e recebem o sistema em contrato de comodato. Após o período de análise, os moradores ajudam a avaliar o impacto e a utilização da energia solar na residência.

O objetivo é a partir da validação (redução de custos de moradia), oferecer o sistema aos clientes de empreendimentos habitacionais de interesse social como solução padrão para gerar economia aos clientes.


Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas