pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

16.09.16
|
Empreendimentos investem em sustentabilidade e eficiência energética
Fonte: Acontece Santyago - 15.09.2016
Paraíba - Uma iniciativa do Projeto 3E – Transformação do Mercado de Eficiência Energética no Brasil, que é resultado da parceria do Ministério do Meio Ambiente (MMA) com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), visa reduzir, nos próximos 20 anos, a emissão de gases de efeito estufa em até três milhões de toneladas. Essa ideia envolve obras verdes, construções sustentáveis e mudanças a curto, médio e longo prazo que promoverão uma melhor funcionalidade dos empreendimentos.

O investimento em obras deste tipo já pode ser visto em João Pessoa e faz parte dos diferenciais dos edifícios de alto padrão e luxo da cidade. De acordo com Greta Sanches, coordenadora de projetos do Solar Tambaú – empreendimento que possui essas características –, a racionalização dos projetos, bom planejamento e gestão da obra colaboram para diminuir, ou até eliminar, o alto custo de retrabalho e desperdício que ainda não comuns na construção civil brasileira.

Para que isso aconteça, é necessário analisar a localização, a posição do futuro empreendimento e desenvolver um projeto eficiente, que aproveite as condições naturais do ambiente. “É preciso buscar soluções arquitetônicas que garantam conforto térmico e acústico no interior da edificação, bem como priorizar o uso de materiais locais, certificados, duráveis, renováveis, de baixo consumo de água e energia durante a sua produção e transporte”, explica a coordenadora de projetos do Solar Tambaú.

Greta Sanches esclarece que há soluções viáveis em empreendimentos de médio e alto padrão, pois o custo de certas tecnologias e pesquisas se torna menos importante no valor global da obra. “É importante propor soluções e uso de equipamentos com tecnologias de racionalização do uso da água potável e sistema de reuso de água não potável. Priorizar a iluminação e a ventilação natural, com o posicionamento estratégico de janelas, sistemas inteligentes de sombreamentos e utilização de claraboias também são recursos simples, com baixo custo adicional, mas que fazem diferença e contribuem para o bem do planeta”, afirma.

No caso do Solar Tambaú, o projeto inclui condicionado central com sistema tipo VRF, elevadores com regeneração de energia, uso de painéis solares para aquecimento de água, iluminação com LED e paredes e vidros duplos para garantir o melhor conforto térmico e acústico no interior dos apartamentos. Reservatórios para captação da água da chuva e da condensação do sistema de ar-condicionado para a irrigação de jardins e higienização dos pisos das áreas comuns também estão inclusos no projeto do empreendimento.

Esta noticia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas