pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

23.01.17
|
Sustentabilidade em empreendimentos imobiliários
Fonte: Grupo Orguel - 19.01.2017
Belo Horizonte - Os impactos ambientais causados pela construção civil nas grandes cidades são inevitáveis, porém o mesmo pode ser um importante instrumento de preservação ambiental, quando adotados conceitos de sustentabilidade. A procura por construções sustentáveis, também chamadas de edifícios verdes, vem crescendo em vários países, inclusive no Brasil, que em 2013 ocupava o 4° lugar no ranking de empreendimentos registrados LEED (Leadership in Energy and Environmental Design).

Atualmente, nosso país ocupa a 3ª posição, com cerca de 260 empreendimentos certificados e mais de mil em processo, estando atrás apenas da China e dos Estados Unidos.

O estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, em Belo Horizonte (MG), é um dos bons exemplos que temos em aproveitamento de energia solar. Reformado para a Copa do Mundo de 2014, ele é o único estádio do Brasil a receber a classificação LEED Platinum. O nível máximo da certificação foi conquistado pela alta performance ambiental do espaço, que tem entre os destaques a instalação da maior usina de geração fotovoltaica em telhado do país, com a capacidade de gerar energia equivalente ao consumo de 1.200 residências da capital. Além disso, obteve uma redução de mais de 70% no consumo de água potável.

Minas Gerais ocupa a 6ª posição no ranking de empreendimentos da construção civil com certificação em sustentabilidade, ficando atrás de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Bahia e Rio Grande do Sul, segundo dados do Green Building Council Brasil (GBC Brasil).

LEED

O LEED é o programa de mais destaque no mundo para projeto, construção, manutenção e operação de edifícios verdes. Seu objetivo é incentivar a transformação da cadeia da construção civil com foco na sustentabilidade. A certificação demonstra inovação, boa gestão ambiental e responsabilidade social. Ela foi idealizada de acordo com critérios de racionalização de recursos naturais, tais como a energia, água, entre outros.

Emitido em mais de 140 países de todo o mundo, o selo é considerado, hoje, a principal certificação de construção sustentável para os empreendimentos do Brasil, onde é representado oficialmente pelo GBC-Brasil – Conselho de Construção Sustentável do Brasil, que foi criado no país em 2007.

A certificação possui sete dimensões a serem avaliadas nas edificações. Todas elas possuem pré-requisitos (práticas obrigatórias) e créditos, recomendações que quando atendidas garantem pontos a edificação. O nível da certificação é definido, conforme a quantidade de pontos adquiridos, podendo variar de 40 pontos, nível certificado a 110 pontos, nível platina. Os requisitos são: Espaço Sustentável, Eficiência do uso da água, Energia e Atmosfera, Materiais e Recursos, Qualidade ambiental interna, Créditos de Prioridade Regional, Inovação e Processos.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas