pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

06.03.17
|
Acats lança projeto "Supermercados Solares em SC"
Fonte: Procel Info - 06.03.2017
Divulgação
Santa Catarina - Em parceria com a empresa Engie Solar, a Associação Catarinense de Supermercados (Acats) promoveu na última quinta-feira (2/3), em Florianópolis, o lançamento do projeto "Supermercados Solares". Trata-se de uma parceria inédita no Brasil para possibilitar o uso de energia solar por parte dos supermercados catarinenses associados à Entidade, aproveitando a disponibilidade dos telhados das lojas. Na oportunidade, o BRDE, formalizou um protocolo de intenções com o objetivo de disponibilizar linhas de financiamento a supermercados que participem do projeto Supermercados Solares.

INEDITISMO DO PROJETO

Em sua manifestação, o Presidente da Engie Brasil, Eduardo Sattamini, afirmou que os negócios com a matriz da energia solar estão evoluindo no Brasil e torna-se estratégico para a empresa atuar neste segmento a fim de completar a oferta do serviço de fornecimento de energia para o mercado. Sattamini também destacou a oportunidade da parceria com a Acats, a primeira Entidade a se posicionar de forma inovadora em favor dessa busca de uma nova alternativa energética.

O Presidente Executivo da Associação Catarinense de Supermercados (Acats), Paulo Cesar Lopes, considerou este lançamento uma data importante para o setor supermercadista catarinense, avançando mais uma etapa no Programa de Eficiência Energética (PEE/ Acats) lançado em 2015.

“Temos a convicção de que a oportunidade competitiva será muito bem aproveitada pelas empresas, já que o peso da energia será mais representativo a cada ano. A Acats sente-se honrada de ser uma parceira de uma empresa de atuação expressiva e abrangente tanto aqui no Brasil como em 70 países mundo afora. Temos a certeza de que esta parceria vai gerar muitos e bons frutos a serem compartilhados por todos”.

POTENCIAL DA ENERGIA SOLAR

Como convidado especial do evento, o Prof. Ricardo Rüther, coordenador do Grupo de Pesquisa Estratégica em Energia Solar da Universidade Federal de Santa Catarina (FV-UFSC) e também presidente do Instituto para o Desenvolvimento das Energias Alternativas na América Latina (Ideal) apresentou características, vantagens e o potencial do uso da energia solar, que segundo ele, tem muito espaço para crescer. No Brasil se registram cerca de sete mil telhados gerando energia solar enquanto em países como Alemanha, Inglaterra e Austrália o número ultrapassa a casa do milhão.

Seu exemplo mais elucidativo do potencial foi de mostrar o caso da usina de Itaipu, que fornece 20% da energia elétrica consumida no Brasil. Ela gera o equivalente a 14 GW. Se toda a superfície hídrica de Itaipu estivesse coberta com placas fotovoltaicas, o potencial de geração seria de 200 GW.

SOLUÇÕES ENGIE SOLAR

Executivos da Engie Brasil e Engie Solar, Gabriel Mann, Antonio Previtare e Rodrigo Kimura, reforçaram conteúdos sobre o uso das soluções existentes para sistemas de geração de energia fotovoltaica e também da possibilidade de acesso ao mercado livre para aquisição deste ativo. A equipe técnica da Engie Solar apresentou três modelos de equipamentos com diferenciação de porte por uso de metragem de telhados, que serão oferecidos aos associados da Acats, sendo que a possibilidade de compra coletiva de equipamentos poderá proporcionar um desconto de até 20%. Os exemplos mostrados de projetos já existentes estimaram um período de tempo de retorno (pay back) do investimento em cinco a seis anos. A garantia dos produtos é para 25 anos.

O PROJETO NA PRÁTICA

De acordo com Rodrigo Kimura, o cronograma do projeto Supermercados Solares foi estimado para ser viabilizado nos próximos quatro meses. As etapas: 1) Coleta de informações e análise das faturas de energia dos supermercados associados e integrados ao projeto; 2 – Identificação do potencial das lojas; 3 – Elaboração de relatórios de avaliação; 4 – Manifestação de interesse e definição de pré-contrato e 5 – Fechamento do contrato e início de execução do projeto. O prazo para instalação é previsto em 90-100 dias.

O BRDE definiu linhas de financiamentos específicas para oProjeto Supermercados Solares, oficializado pelo protocolo de intenções assinado no evento de lançamento. Os contratos serão firmados diretamente com as empresas interessadas. As modalidades prevêem prazos de até 10 anos e de até 20 anos, com taxas em torno de 1,07% ao mês e carências entre dois e três anos. O pacote do BRDE, segundo o Superintendente do escritório de Santa Catarina, Nelson Ronnie dos Santos, foi desenvolvido dentro do programa de fomento BRDE Energia.

De acordo com o Diretor Executivo Antonio Carlos Poletini, todos os supermercados associados da ACATS receberão material informativo do Projeto, bem como as vantagens do mesmo, a fim de que eles possam estudar esta alternativa e se manifestar sobre interesse em adesão ao mesmo.

“Agora vamos avançar de forma prática, em parceria com a Engie Solar. A otimização dos espaços de telhados das lojas e de coberturas de estacionamentos de veículos para instalação de placas de energia fotovoltaica, com o aproveitamento da energia solar, é solução ecologicamente limpa e sustentável, com viabilidade econômica e financeira para empresas de todos os portes”, disse Poletini.

* Com informações da Associação Catarinense de Supermercados (Acats)
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas